CANHOTICES

...em Torres Novas, Ribatejo, Portugal. Do lado esquerdo da vida.

Os presidentes das Câmaras Municipais de Torres Novas (António Rodrigues, PS) e de Santarém (Francisco Moita Flores) chegaram a um acordo inédito, nas primeiras horas da madrugada de hoje, 1 de Abril, que visa a troca entre si dos seus lugares.


O CANHOTICES, através das suas fontes muito bem informadas, pode assegurar que este acordo andava a ser negociado em segredo desde o Natal passado, já foi assinado entre os dois autarcas e tem o aval de Menezes/Santana Lopes e de José Sócrates.
A concretização deste acordo, passa pelas candidaturas em 2009 de António Rodrigues à Câmara de Santarém e de Moita Flores à Câmara de Torres Novas. Para garantir as suas eleições, o PSD abdica de concorrer em Santarém (apoiando tacitamente Rodrigues) e o PS abdica de concorrer em Torres Novas (apoiando tacitamente Moita Flores).
Este acordo é altamente vantajoso para os dois autarcas. António Rodrigues ganha finalmente visibilidade nacional tendo já garantido ao abrigo do “Tratado do Malho” (famoso restaurante em Alcanena onde o acordo foi conseguido) as seguintes benesses:
- uma coluna escrita de opinião semanal no Correio da Manhã e outra no MIRANTE

- A presença dia sim, dia não, no programa de Fátima Lopes na SIC, na rubrica Tertúlia Cor de Rosa junto de Maia, Ana Maria Lucas e Cláudio Ramos.
Já Moita Flores, inicialmente muito relutante em assinar o Tratado do Malho, acaba por conseguir que Torres Novas lhe conceda uma casa-museu na escola primária de Casais Martanes ( a escassos 3 kms da futura casa de António Lobo Antunes em Almonda) bem como a concretização de um velho sonho seu: uns estúdios de produção cinematográfica e televisiva, com instalações previstas na encerrada fábrica das Carnes dos Ingleses. Este Verão iniciam-se as gravações de uma nova telenovela cujos interiores serão filmados na Casa Amarela - o antigo matadouro de Torres Novas.
Sendo secreto, ainda não se conhecem reacções ao "Tratado do Malho", que decerto ainda vai fazer correr muita tinta e que decerto abalará a Política Portuguesa nos próximos meses...

3 canhotices:

poesianopopular disse...

Zémanel
Porra, olha se fosse verdade!
josé manangão

GR disse...

A mim não me enganas tu!
Já não nem me admirava, se fosse verdade!

GR

zambujal disse...

Um 1 de Abril levado a sério e com muito (e acutilante) humor.
Parabéns.
Assim se aproveitam os dias...

Subscribe