CANHOTICES

...em Torres Novas, Ribatejo, Portugal. Do lado esquerdo da vida.

2.2.09

Escândalo: o verdadeiro caso Sócrates

Publicada por zemanel |


O verdadeiro "caso Sócrates", o escândalo real não pode ser esquecido:

O verdadeiro "Caso Sócrates" é o caso de alguém de que tudo prometeu em campanha eleitoral e tudo esqueceu no exercício do poder.O verdadeiro "caso Sócrates" é a mentira repetida, as promessas falhadas.

O verdaeiro caso é o de um país que desde 2005 afastou-se sempre da média europeia, é o caso de um país que ainda antes da Crise já vivia em crise.

O verdadeiro caso é o caso de um país que abandonou a agricultura e as pescas, abandonou a indústria ( da ligeira à pesada), que entregou os seus sectores estratégicos produtivos, beneficiou a economia especulativa e de casino em detrimento da produção.

É o caso de um país que desde 2005 viu muitos dos seus jovens voltarem a emigrar, viu o ensino degradar-se, a educação, a justiça e a segurança apodrecerem.

O " caso sócrates" é o caso do país em que o desemprego aumenta, a pobreza aumenta, crescem as desigualdades sociais, aumenta o fosso entre ricos e pobres.

Agitam-se de novo bandeiras negras nas ruas de Portugal e a pobreza envergonhada, do nosso vizinho do lado, do familiar de que não suspeitamos, está aí.

Tudo isto enquanto a gula dos banqueiros é subsidiada.

O "caso Sócrates" é o de alguém que transformou um país pobre num país miserável e esse sim é o verdadeiro caso e o caso pelo qual, todos os portugueses deverão condenar sem piedade Sócrates e o PS!

Condenemos Sócrates:

Nas ruas protestando, fazendo ouvir as nossas vozes!

E nas mesas de voto, no exercício mais nobre dos nossos direitos democráticos.

4 canhotices:

josé luz saramago disse...

força, força, camarada zemanel
é pena que a tua voz não chegue a muitos que necessitavam dela
jls

samuel disse...

Alto texto!!!

Abraço

Sérgio Ribeiro disse...

Excelente, camarada!
Condenemos Sócrates ao condenar a política que protagoniza, a falta de ética que personifica, as mentiras que repete, o pragmatismo que alardeia, o sistema que serve servilmente.
Abraço

Anónimo disse...

No fundo a outrora chamada de naçao Portuguesa, foi vendida aos judeus.
40% de empresas mais a fechar, desemprego em 2 digitos mas bem maior que o transmitido cá para fora, familias que nao tem dinheiro para o autocarro ou para o café da manhã a ouvir falar na tv de um aeroporto, pessoas para as quais uma viagem de aviao é impossivel neste momento, talvez 90% das familias portuguesas... ordenados em atrazo de 6 meses ou mais. Empresas à espera da subida em 2 a 3% do iva, para que desta maneira possam fechar. a melhor medida para fechar as empresas é mesmo essa, subir o iva e fechar as empresas mais pequenas, é mesmo esse o propósito politico, pois quem não sabe que portugal está assegurado como o local de férias europeu está desinformado. os grandes assim o decidiram e é assim que vai ser. apenas o turismo, um gingante campo de golf. foi essa a decisão dos grandes e é essa a decisão. ponto. é triste a outrora naçao portuguesa estar totalmente destruida e quaisquer valor e se ter transformado em farrapos. agora sim, somos o cú da europa, finalmente... conseguimos.
AF

Subscribe