CANHOTICES

...em Torres Novas, Ribatejo, Portugal. Do lado esquerdo da vida.

21.12.06

Jesus, concebido (como todos) Homem

Publicada por zemanel |


“Maria deitada de costas, estava acordada e atenta, olhava fixamente um ponto em frente, e parecia esperar. Sem pronunciar palavra, José aproximou-se e afastou devagar o lençol que a cobria (…) e Maria, entretanto, abrira as pernas, ou as tinha aberto durante o sonho e desta maneira as deixara ficar, fosse por inusitada indolência matinal ou pressentimento de mulher casada que conhece os seus deveres. Deus, que está em toda a parte, estava ali, mas, sendo aquilo que é, um puro espírito, não podia ver como a pele de um tocava a pele do outro, como a carne dele penetrou a carne dela, criadas uma e outra para isso mesmo, e, provavelmente, já nem lá se encontraria quando a semente sagrada de José se derramou no sagrado interior de Maria, sagrados ambos por serem fonte e a taça da vida, em verdade há coisas que o próprio Deus não entende, embora as tivesse criado. Tendo pois saído para o pátio, Deus não pode ouvir o som agónico, como um estertor, que saiu da boca do varão no instante da crise, e menos ainda o levíssimo gemido que a mulher não foi capaz de reprimir. (…) Enquanto ela puxava para baixo a túnica e se cobria com o lençol, tapando depois a cara com o antebraço, ele, de pé no meio da casa, de mãos levantadas olhando o teço, pronunciou aquela sobre todas terrível bênção, aos homens reservada, Louvado sejas tu, Senhor, nosso Deus, rei do universo, por não me teres feito mulher. Ora, a estas alturas, Deus já nem no pátio devia estar, pois não tremeram as paredes da casa, não desabaram, nem a terra se abriu.(…)


José Saramago in o EVANGELHO SEGUNDO JESUS CRISTO

7 canhotices:

Jardim do Arraial disse...

Porquê vir citar isto justamente neste período...?!

Lady Drella disse...

"fonte e taça da vida" refere-se saramago ao falar da cópula(conceito que me remete para uma espécie de frigidez intelectual!!!) humana... sempre achei esta uma das metáforas mais inusitadas da literatura portuguesa. Inusitado não tem que ser no "mau" sentido. apenas estapafúrdia. É muito oportuna esta citação, em qualquer tempo. O "Jardim" é alguém que cheira provocações em todo o lado e é bom que assim seja.

Jardim do Arraial disse...

"Cheira provocações em todo o lado"?!? É capaz de concretizar a parvoíce ou fica-se por aí?

GR disse...

Saramago, sempre polémico!
Zé Manel, sempre oportuno!

Parabéns.

GR

Jardim do Arraial disse...

A mesma Esquerda que vem condenar aqueles que se divertem a fazer pouco na fé islâmica (chegando ao ponto de culpar os gozões pelas reacções sangrentas dos muçulmanos), são os que apoiam e aplaudem os escritos de Saramago em pleno Natal...

Citar um texto que relata com minúcia relações sexuais entre José e Maria, numa altura em que os cristãos celebram o ponto alto da sua Fé...que passa justamente por uma concepção sem sexo...é do mais porco e ofensivo que pode haver.

Fica-vos bem.

alex disse...

O "porco" e "ofensivo" depende da imaginação de cada um... A maneira como Saramago "relata com minúcia relações sexuais" é entendida conforme as pessoas as queiram entender e imaginar.
Pontos de vista.
E Boas Festas! Para Todos!

Maria disse...

que pena tenho de ter perdido esta oportunidade....
ainda no dia 31 estive a ler esta parte do livro a uns amigos meus....

Subscribe